Insulina Inteligente

Um dos principais problemas de nós diabéticos, é com nossa glicemia e a quantidade de insulina que devemos tomar. Diante disso, pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, estão desenvolvendo uma nova molécula de insulina para controlar os níveis de açúcar no sangue. Mas em que isso difere das insulinas já existentes?

Esse novo tipo de insulina será capaz de “perceber” como está o nível de glicose no sangue e só atuar quando estiver alto. Como assim? Foi adicionado à insulina um “sensor” chamado  PBA (ácido fenil borônico), que liga a molécula de insulina às células do sangue e impede que ela tenha um efeito contínuo. Quando a glicemia aumenta, o PBA solta a insulina e dessa forma ela pode regular a glicemia. Isso impede que tenhamos hipoglicemia, já que a insulina só irá atuar no momento certo.

Segundo um dos autores da descoberta, Danny Chou,  “A Ins-PBA-F se encaixa na verdadeira definição de ‘insulina inteligente. É a primeira desenvolvida dessa maneira. Ela parece controlar os níveis de açúcar no sangue melhor do que qualquer outra coisa que está disponível para pessoas que têm diabetes no momento”

Por enquanto, os pesquisadores viram que essa insulina dura por 14 horas, até menos do que algumas já existentes no mercado, mas sua principal diferença é sua “inteligência” para perceber a glicemia. Essa insulina está passando por testes em animais e os pesquisadores já estão pensando em como usar essa nova descoberta no tratamento em humanos. Eles acreditam que os testes clínicos com a nova insulina serão feitos nos próximos 2 a 5 anos.

Riscos e Benefícios da Atividade Física

Outro assunto muito tratado na área da saúde, são questões com a atividade física. E todos sabem o quanto ela é importante não só para diabéticos, mas para todo mundo. Mas quais são de fato as vantagens da atividade física? E ela pode fazer algum mal? É sobre isso que falarei hoje…

Uma atividade física feita de forma moderada por 30 minutos por dia já é o suficiente para tirar uma pessoa do sedentarismo. E somente essa meia horinha, consegue trazer muitos benefícios para nossa saúde e para a diabetes. Dentre eles:

  • Mais disposição
  • Melhoram a sensação de bem-estar, diminuem a ansiedade e a probabilidade de depressão
  • Melhora de humor
  • Perda de gordura
  • Melhora da imunidade
  • Baixa a glicemia ou diminui a quantidade de insulina a ser tomada (por esse motivo a atividade física deve ter um acompanhamento médico)
  • Além de diminuir os riscos da diabetes mal controlada

Porém, apesar de todos esses benefícios, existem alguns cuidados para tomar antes, durante e depois da atividade física. O primeiro de todos é com a glicemia. É importante verificar quanto está a glicemia antes da atividade. Para cada faixa de valores deve-se tomar um cuidado especial (deve consultar um médico antes):

  • Menor que 80 (hipoglicemia): não praticar atividade, ingerir carboidrato e medir novamente glicemia após 15 minutos
  • Entre 80 e 100: ingerir 15g de carboidrato e observar durante a atividade
  • Entre 100 e 250: praticar atividade normalmente
  • Acima de 250: não é recomendado a prática de atividade física

Em todos os casos é muito importante a hidratação durante a atividade e também ter sempre junto um carboidrato de fácil absorção (isotônicos, balas, refrigerante…). Além disso, qualquer indisposição durante a atividade, é recomendado parar e medir a glicemia novamente.

Além disso, se a atividade não for algo que você goste, ou te estressar, a atividade física pode ter o efeito contrário. Ao invés de baixar a glicemia, pode aumentar. Então o importante é fazer algo que goste, te satisfaça, e não desistir.

IPhone e monitor de glicemia

Chega ao Brasil mais um acessório para facilitar as nossas vidas! É o IBGStar, um glicosímetro que é conectado ao iPhone ou ao iPod Touch. Aí pode surgir a pergunta, vamos trocar um aparelho por outro somente? Acredito que não! Além de ser mais compacto do que o nosso aparelho de glicemia, o produto tem também um aplicativo, que permite além da leitura da glicose, enviar seus dados para o médico, gerar gráficos, inserir dados da contagem de carboidratos, quantidade de insulina, entre outros.

Assista ao vídeo abaixo, para ver o funcionamento desse novo aparelho:

O acessório começará a ser vendido ainda este mês no site da loja online da Sanofi, com um valor aproximado de R$ 250,00 e o pacote de tiras-teste com 50 unidades a partir de R$ 89,00.