Insulina Inteligente

Um dos principais problemas de nós diabéticos, é com nossa glicemia e a quantidade de insulina que devemos tomar. Diante disso, pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, estão desenvolvendo uma nova molécula de insulina para controlar os níveis de açúcar no sangue. Mas em que isso difere das insulinas já existentes?

Esse novo tipo de insulina será capaz de “perceber” como está o nível de glicose no sangue e só atuar quando estiver alto. Como assim? Foi adicionado à insulina um “sensor” chamado  PBA (ácido fenil borônico), que liga a molécula de insulina às células do sangue e impede que ela tenha um efeito contínuo. Quando a glicemia aumenta, o PBA solta a insulina e dessa forma ela pode regular a glicemia. Isso impede que tenhamos hipoglicemia, já que a insulina só irá atuar no momento certo.

Segundo um dos autores da descoberta, Danny Chou,  “A Ins-PBA-F se encaixa na verdadeira definição de ‘insulina inteligente. É a primeira desenvolvida dessa maneira. Ela parece controlar os níveis de açúcar no sangue melhor do que qualquer outra coisa que está disponível para pessoas que têm diabetes no momento”

Por enquanto, os pesquisadores viram que essa insulina dura por 14 horas, até menos do que algumas já existentes no mercado, mas sua principal diferença é sua “inteligência” para perceber a glicemia. Essa insulina está passando por testes em animais e os pesquisadores já estão pensando em como usar essa nova descoberta no tratamento em humanos. Eles acreditam que os testes clínicos com a nova insulina serão feitos nos próximos 2 a 5 anos.

Anúncios

Hiperglicemia, uma vilã da diabetes

Acredito que todo mundo já ouviu falar de hiperglicemia, e já tiveram que lidar com ela pelo menos alguma vez. A hiperglicemia é o excesso de glicose no sangue, ou seja, quando a glicemia está maior ou igual a 200mg/dL.

É possível sentir quando estamos hiperglicêmicos, alguns sintomas são:

  • Vontade de urinar, porque com o excesso de glicose no sangue, o açúcar começa a ser eliminado pela urina
  • Sede, devido a perda de água pela urina
  • Cansaço
  • Dor de cabeça
  • Fome
  • Sonolência
  • Hálito Cetônico

É importante tentar descobrir a causa da hiperglicemia, que podem ser:

  • Abusar na alimentação e/ou não tomar a insulina necessária
  • Stress
  • Doença/Infecção

Em qualquer caso de hiperglicemia deve-se seguir o acordado com o seu médico. Em casos de emergência, ir para o hospital.

Há casos mais graves que a pessoa pode entrar em coma, por isso é muito importante lembrar que a hiperglicemia é tão perigosa quanto a hipoglicemia. Além disso, hiperglicemias constantes podem trazer diversos problemas na nossa saúde, como cegueira, problemas de visão, fígado….