Pâncreas Artificial

 Mulher usa protótipo de pâncreas bioartificial no Centro Europeu para o Estudo da Diabetes (CEED) (Foto: AFP Photo/Frederick Florin)

Mais um projeto visando a melhoria na vida dos diabéticos está sendo testado! E mais uma vez, o foco é diminuir as injeções diárias de insulina. Esse projeto, desenvolvido por pesquisadores franceses, será testado pela primeira vez em um humano em 2016.

Funcionará da seguinte forma: com a implantação de um disco no abdômen, a produção de insulina ocorreria dentro desse disco pelas células do pâncreas. A substituição do disco, ocorreria a cada 4 ou 6 anos, enquanto das células pancreáticas a cada 6 ou 12 meses através de injeções subcutâneas.

Mas essa técnica nos lembra do transplante de células pancreáticas, não? É um pouco parecida. A diferença se encontra na parte de que para o transplante, tem poucas das células em questão, além da pessoa ter que tomar medicamentos, que trazem efeitos colaterais. Já nesse pâncreas artificial, as células do pâncreas (geradas a partir de células-tronco pela engenharia genética) ficam fora dos ataques do sistema imunológico.

Anúncios

Um comentário sobre “Pâncreas Artificial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s